Página inicial‎ > ‎Artigos‎ > ‎

Fundação Maria Dias Ferreira - Preservação e Restauro do Património 2012


Fundação Maria Dias Ferreira - Preservação e Restauro do Património 2012


fmdf_projrestaur2012.jpg
Manter, preservar e restaurar o património tangível existente nas igrejas e capelas do concelho de Ferreira do Zêzere é um objetivo a que a Fundação Maria Dias Ferreira se tem dedicado desde 2010, em articulação com a comunidade pastoral conduzida pelo Sr. Padre Manuel Pinto.

Com a colaboração do Instituto Politécnico de Tomar, a Fundação Maria Dias Ferreira realizou a inventariação de 341 obras de arte existentes nas igrejas e capelas de Ferreira do Zêzere. 

As igrejas inventariadas foram a Igreja de S. Miguel (Matriz de Ferreira do Zêzere), a Igreja do Espírito Santo (Matriz de Igreja Nova), a Igreja de Nossa Senhora do Pranto (Matriz de Dornes), a Igreja de Nossa Senhora da Graça (Matriz de Areias), a Igreja de S. Luís (Matriz de Pias), a Igreja de Santo Aleixo
(Matriz do Beco), a Igreja de S. Silvestre (Matriz de Chãos), a Igreja de S. Vicente (Matriz de Paio Mendes), a Igreja de Nossa Senhora da Graça (Matriz de
Águas Belas) e a Igreja do Espírito Santo - Anexo (Matriz de Igreja Nova).

Com base na avaliação técnica realizada, estabeleceram-se prioridades nas intervenções, tendo sido já recuperadas 15 obras e encontrando-se em plena recuperação outras 5, de entre aquelas cuja intervenção foi considerada mais urgente.

Em 2012 continuou-se a trabalhar no restauro de peças de arte com uma forte componente de estruturas e artefactos em madeira, de que são exemplos a recuperação de uma urna relicário, de uma cadeira com assento em palhinha, de uma cadeira revestida a guadamecil e de uma cadeira revestida a couro lavrado.

Mas, em 2012, iniciou-se também a recuperação de esculturas em pedra, nomeadamente as esculturas de Santa Ana e São Joaquim, objeto de uma grande intervenção durante boa parte do ano, após o que finalmente se mostram em todo o seu esplendor na Igreja de Dornes.


Artigos Relacionados