Página inicial‎ > ‎Artigos‎ > ‎

Fundação Maria Dias Ferreira - Preservação e Restauro do Património 2011

 
Fundação Maria Dias Ferreira - Preservação e Restauro do Património 2011
 
 
Manter e recuperar a arte sacra no Concelho de Ferreira do Zêzere tem sido um projecto entusiasmante que conta com várias parcerias de relevo.

A preservação e o restauro do património tangível existente nas Igrejas e Capelas do Concelho de Ferreira do Zêzere é um projecto a que a Fundação Maria Dias Ferreira se tem dedicado desde 2010 e para o qual conta com a colaboração do Laboratório de Arte e Restauro do Instituto Politécnico de Tomar, com o envolvimento da comunidade pastoral, conduzida pelo Sr. Padre Manuel Pinto e com recurso ao Programa de Estágios Profissionais do Instituto de Emprego e Formação Profissional.

Este projecto assumiu, desde o início, como objectivo central, fomentar a valorização dos bens culturais, em particular da arte sacra, do Concelho de Ferreira do Zêzere através de intervenções de conservação e restauro, dada a necessidade mais ou menos urgente de estabilização física ou material de alguns desses bens em mau estado.

Para o efeito efectuou-se um levantamento nas igrejas e capelas dos bens móveis e integrados, e respectivo estado de conservação, para, com essa avaliação técnica preliminar se estabelecerem prioridades nas intervenções dos mesmos.

O levantamento, in loco, feito através da observação, documentação fotográfica e recolha de elementos informativos e descritivos, decorreu em duas fases, uma em Fevereiro de 2010, e outra, para concluir o levantamento, em Maio de 2011, ambas contando com a presença do pároco do Concelho.
 
No levantamento foi dada especial atenção aos bens com suportes em madeira (Retabulística - talha dourada e policromada, estruturas e artefactos em madeira, mobiliário e escultura), embora também se tenham observado metais, pintura de cavalete, incluindo retábulos, e esculturas de pedra.

A informação foi recolhida e processada em duas fases de trabalho e elaboradas, em cada uma delas, Fichas de Leitura para todos os bens (239 fichas, na 1.ª fase, e 102 fichas, na 2.ª fase), dando origem a dois Relatórios dos Levantamentos do Estado de Conservação dos Bens Culturais, um em cada fase, que tiveram o propósito de definir prioridades de intervenção com base na avaliação técnica efectuada.
Com base nos relatórios produzidos foram elaboradas Propostas de Conservação e Restauro (com as Metodologias e Estimativas de Custos das Intervenções), para cada uma das fases, encontrando-se em decurso, a esta altura, a segunda fase.

Igrejas e Capelas do Concelho de Ferreira do Zêzere

1.ª Fase do Projecto (2010/2011)

Igreja de S. Miguel, Matriz de Ferreira do Zêzere;
Igreja do Espírito Santo, Matriz de Igreja Nova;
Igreja de Nossa Senhora do Pranto, Matriz de Dornes;
Igreja de Nossa Senhora da Graça, Matriz de Areias;
Igreja de S. Luís, Matriz de Pias;
Igreja de Santo Aleixo, Matriz de Beco;
Capela de Santo António, Cemitério de Ferreira do Zêzere;
Capela de Santo António, Paio Mendes;
Capela de Santo António, Dornes.
 
 
2.ª Fase do Projecto (2011/2012)

Igreja de S. Silvestre, Matriz de Chãos;
Igreja de S. Vicente, Matriz de Paio Mendes;
Igreja de Nossa Senhora da Graça, Matriz de Águas Belas;
Igreja do Espírito Santo (Anexo), Matriz de Igreja Nova;
Capela de Nossa Senhora da Purificação, Frazoeira, Dornes.
 

Dados Resumo:
Igrejas e Capelas visitadas:
14
Peças inventariadas:
341
Peças já recuperadas (fase 1):
9
Peças em recuperação (fase 2):
9
Horas já dispendidas no Projecto:
4785

Encargos associados aos trabalhos:
20.225,60€