Página inicial‎ > ‎Artigos‎ > ‎

Fundação Maria Dias Ferreira - Exposição do Pintor António Baeta 2009

 
 
 
 
Exposição evocativa do pintor ferreirense António Baeta que há precisamente um século, dava cor à sua mais famosa pintura, intitulada “Sonho” – Venite ad me.
 
António Francisco Baeta, filho de um ferreiro de seu nome António Francisco e de Maria da Conceição Baeta, nasceu na freguesia de Ferreira do Zêzere às 11 horas, do dia 3 de Maio de 1861 e ainda que não se saiba ao certo até que idade residiu em Ferreira do Zêzere, temos presente que durante toda a sua vida frequentou o concelho natal.
Provam-no os quadros que por aqui pintou e as muitas telas que foi distribuindo pelos seus familiares mais chegados, muitos dos quais, ilustram a exposição que a Fundação apresenta.
Vivendo num tempo áureo da pintura portuguesa, contemporâneo dos grandes nomes do romantismo e do naturalismo nacional, Baeta teve o privilégio de trabalhar, entre outros, com Manini com o qual elaborou trabalhos no domínio das artes decorativas quer no palácio de Regaleira, em Sintra, quer no Palácio Foz, em Lisboa.
 
Contemporâneo do grupo do Leão, expôs ao lado de nomes como os de Silva Porto, Marques de Oliveira ou Roque Gameiro e destacou-se mais como decorador porquanto a concorrência era de grande qualidade.
Não obstante foi um artista multifacetado, pintou dezenas de quadros, decorou outros tantos edifícios sobretudo na região da grande Lisboa e deixou um legado artístico sobejamente importante para podermos afirmar, sem reserva, que a história não lhe fez justiça.
O Pintor faleceu, em Lisboa, a 11 de Março de 1918, solteiro e sem descendência, mas a sua obra imortalizou-o em inúmeras pinturas dispersas por colecções públicas e particulares no país e no estrangeiro.
 
               
A Fundação Maria Dias Ferreira, com a exposição que organiza e o catálogo que produziu, pretende evocar este artista, tirando-o de um esquecimento há muito garantido pois mesmo os poucos que dele ouviram falar desconhecem a grandeza e a qualidade e obra deste pintor Ferreirense.