Página inicial‎ > ‎Artigos‎ > ‎

Capela de São Sebastião no Carril, Dornes

 
 

Ficha Técnica
 

Característica Arquitectura Religiosa

Classificação Capelas
 
Localização Dornes
 
Especialista Dr.ª Ana Torrejais
 
Morada Freguesia de Dornes, Lugar do Carril
 
 
Referência a_Dornes_25
 
Propriedade Bispado de Coimbra

Enquadramento A capela de São Sebastião localiza-se sensivelmente ao centro do lugar do Carril. Antecede a entrada principal um aprazível largo ajardinado, a que se convencionou dar o nome de “largo da capela”. Junto da lateral esquerda do pequeno templo ergue-se uma casa de habitação particular.

Notícias Históricas De acordo com António Baião, a primitiva capela de São Sebastião do Carril já existia nos finais do século XVII. Apresentava, então, ao centro a seguinte inscrição: «Sepultura de Nuno Rodrigues, um devoto deste santo, / Que fez esta imagem e aqui a fez pôr / Aqui jaz feito em pó / Rogai por mim pecador. / Faleceu a 18 de Março de 1569. / E de sua mulher Ana Vaz».
Actualmente, no nicho que sobrepuja a porta de entrada, encontra-se o seguinte: «Capela de São Sebastião. À memória dos que partiram. Esta capela foi reconstruída no ano de MCMXCII

Descrição Arquitectónica A capela de São Sebastião do Carril trata-se de um templo totalmente reconstruído no ano de 1992. Não obstante, preserva muitas das características da construção original, registada em desenho pela mão de Alfredo Keil. Edifício de planta longitudinal e cobertura em telhado de duas águas, mantém, ao nível da fachada principal, uma simples porta rectangular, ladeada por duas janelas. Sobre o lintel da entrada foi aplicado um nicho de cantaria, onde existe uma pequena imagem de São Sebastião, igualmente esculpida em materiais pétreos. Porém, o pequeno campanário que dantes se erguia na junção das águas da cobertura, deu actualmente lugar a uma torre sineira provida de quatro arcos campanários que se eleva sobre o beiral direito, obra cujas dimensões são pouco proporcionais à singeleza arquitectónica da capelinha.
O interior é de nave única, cobertura madeirada de três planos e pavimento recoberto a mosaico cerâmico, existindo um passadiço lajeado que se prolonga desde a entrada até à capela-mor. O acesso a este espaço é feito através de um arco cruzeiro de volta perfeita, localizando-se a sala de sacristia numa cripta existente sob o altar.

Património Integrado Repousam, sobre mísulas, duas imagens justapostas ao arco cruzeiro do templo: Nossa Senhora de Fátima (lado do Evangelho) e Nossa Senhora da Conceição (lado da Epístola), ambas de recente produção. Já na capela-mor, destaca-se um altar executado em talha dourada, constituído por três nichos e adornado com imagens de vulto de querubins e atlantes. O nicho central é ocupado por São Sebastião, escultura bastante repintada e de talhe rude, ladeada, à esquerda, por São José e, à direita, pelo Sagrado Coração de Jesus. Já na sala de sacristia conservam-se, no interior de uma vitrina, uma imagem de roca representativa de Nossa Senhora do Rosário e um Menino Jesus deitado.

Estado de Conservação Edifício reabilitado, com manutenção regular. Aparentemente, o estado de conservação do imóvel e do correspondente património integrado revela-se estabilizado.

Grau 4 - Edifício reabilitado ou reconstruído.

Intervenções Realizadas Templo reconstruído no ano de 1992.
 
 

Bibliografia
 
BAIÃO; António; Vila e Concelho de Ferreira do Zêzere; Imprensa Nacional; Lisboa; 1918; página 162

CARDOSO; Padre Luis; Diccionario Geografico (...); 44 Volumes; Biblioteca Real; 1758-1832; Volume 13; Nº 31; Fólios 185 a 190

COSTA; Padre António Carvalho da; Corografia Portugueza (...); Tomo III; Lisboa; Oficina Real Deslandesiana; 1712; Fólios