Página inicial‎ > ‎Artigos‎ > ‎

Capela de São Marcos em São Marcos, Pias

 
 
 
 
Ficha Técnica
 
 
Característica Arquitectura Religiosa

Classificação Capelas
 
Localização Pias
 
Especialista Dr.ª Ana Torrejais
 
Morada Freguesia de Pias, Lugar de São Marcos
 
Referência a_Pias_45
 
Propriedade Bispado de Coimbra

Enquadramento A capelinha de São Marcos goza de um enquadramento rural, sendo rodeada pelo casario típico do povoado e por uma estrada que lhe é contígua. O templo é delimitado por um amplo largo calcetado, em parte murado.

Notícias Históricas Segundo António Baião, e de acordo com o Tombo da Mesa Mestral do Dr. Pedro Álvares, já no terceiro quartel do século XVI existia a capelinha de S. Marcos, localizada acima e para o lado nascente da vila de Pias, encontrando-se toda destelhada e quase deitada por terra. Actualmente, trata-se de um edifício remodelado, em cuja frontaria pode ler-se a seguinte informação, inscrita numa lápide: «Capela reconstruída em 2003
 
Descrição Arquitectónica A capela de São Marcos trata-se de um edifício reconstruído a partir de ruínas, cujas dimensões são muito menores que as do templo original. De facto, a frontaria da actual capela de São Marcos, corresponde ao limite do primitivo arco cruzeiro, daí que as dimensões do pórtico pareçam desajustadas relativamente à singeleza arquitectónica da capelinha; não obstante, a solução adoptada não deixou de ser engenhosa. Também por esta razão, a planta longitudinal do templo desenvolve-se na largura e não no comprimento, como é usual. Mantém, no entanto, a mesma cobertura em telhado de duas águas, na junção das quais se eleva uma grande cruz de Cristo em cantaria. Na empena esquerda foi adossado o típico campanário e, pela lateral do mesmo lado, desenvolve-se o volume da sacristia, dotada de acesso pelo exterior, uma fresta e cobertura em telhado de três águas.
 
Património Integrado Já o interior, iluminado por meio de duas frestas laterais, apresenta cobertura madeirada em três planos, sendo o pavimento recoberto a mosaico cerâmico. Por sua vez, as paredes foram recentemente revestidas por um silhar azulejar, cujo padrão reproduz o tapete que se desenvolve ao longo do corpo central da igreja de São Luís das Pias. O restante espólio é igualmente rico, sendo constituído por um conjunto de obras de cantaria de natureza calcária, datadas do século XVII: o altar-mor, belíssimo nicho tripartido, encimado por um frontão triangular; a imagem padroeira de São Marcos Evangelista, aos pés da qual se deita um leão, seu principal atributo; um pequeno lavatório de simples lavor.

Estado de Conservação Edifício reabilitado, com manutenção regular. Aparentemente, o estado de conservação do imóvel e do correspondente património integrado revela-se estabilizado. Porém, a imagem de São Marcos carece de intervenção, uma vez que a superfície policroma da obra se encontra bastante fragilizada.

Grau 4 - Edifício reabilitado ou reconstruído.
 
Intervenções Realizadas Templo reconstruído no ano de 2003.
 
 

Bibliografia
 
BAIÃO; António; Vila e Concelho de Ferreira do Zêzere; Imprensa Nacional; Lisboa; 1918; página 77

COSTA; Padre António Carvalho da; Corografia Portugueza (...); Tomo III; Lisboa; Oficina Real Deslandesiana; 1712; Fólios