Página inicial‎ > ‎Artigos‎ > ‎

Capela de São João Baptista na Avecasta, Areias

 
 

Ficha Técnica
 
 
Característica Arquitectura Religiosa

Classificação Capelas
 
Localização Areias
 
 
Especialista Dr.ª Ana Torrejais
 
Morada Freguesia de Areias, lugar da Avecasta
 
Referência a_Areias_05
 
Propriedade Bispado de Coimbra
 
Enquadramento No centro do lugar, rodeada por casario e por uma estrada que lhe é contígua.
 
Notícias Históricas O padre António Carvalho da Costa refere-se a este templo na sua Corografia Portugueza.
 
Descrição Arquitectónica Edifício remodelado que, em detrimento das modestas linhas tradicionais, adquiriu formas mais modernas, desproporcionais relativamente ao conjunto edificado do casario rústico que complementa a sua envolvência.
Não obstante, preserva a planta longitudinal de nave única e cobertura em telhado de duas águas. Destaca-se ainda, do lado direito do corpo central do templo, um volume correspondente à sala de sacristia que serve de apoio à capela-mor. Apresenta esta dependência acesso pelo exterior.
As principais modificações face ao esquema tradicional surgem na fachada principal, onde o simples beiral deu lugar a uma empena triangular de grandes dimensões que remata o edifício. Ladeada por dois pináculos encimados pela cruz de Cristo, nela foi incluído o campanário.
Outros elementos aberrantes são as três frestas losangulares rasgadas nesta fachada; apenas no plano inferior se preserva a porta principal, ladeada por duas pequenas janelas.

Património Integrado Também o interior deste pequeno templo foi totalmente remodelado, mantendo-se, no entanto, o arco cruzeiro de volta perfeita, por meio do qual se acede à capela-mor. Esta, desprovida de retábulo, apenas possui uma mesa de altar de reduzidas dimensões e um pequeno nicho aberto na parede frontal, no qual se mantém o Santíssimo Sacramento em exposição.
Quanto às imagens padroeiras, estas encontram-se assentes sobre mísulas adossadas ao muro do arco cruzeiro. Tratam-se de um S. João Baptista (0.840m altura), imagem seiscentista esculpida em pedra, de carácter popular, e de uma Nossa Senhora de Fátima (lado da Epístola).
Pelo interior, o tecto é de dois planos, não madeirado, encontrando-se o pavimento revestido a mosaico cerâmico, interrompido por meio de um passadiço de cantaria, o qual se prolonga desde a entrada até à capela-mor.
Por sua vez, as paredes foram revestidas por um silhar de azulejos de produção industrial, em tons de azul e branco. Este silhar, delimitado pela correspondente cercadura, apresenta uma altura de 8 unidades, as quais obedece a um módulo de repetição de 2X2/2.
 
Estado de Conservação Edifício reabilitado, com manutenção regular. Aparentemente, o estado de conservação do imóvel e do correspondente património integrado revela-se estabilizado.
 
Classificação: Grau 4 - Edifício reabilitado ou reconstruído.
 
 
 
Bibliografia
 
COSTA; Padre António Carvalho da; Corografia Portugueza (...); Tomo III; Lisboa; Oficina Real Deslandesiana; 1712; Fólios

LEAL; Augusto Soares d’ Azevedo Barbosa de Pinho; Portugal Antigo e Moderno (...); 11 Volumes; Lisboa; Livraria Editora de Mattos Moreira & Companhia , 1873 a 1882; 1º volume; Página 9
 
SEQUEIRA; Gustavo de Matos (dirc.); Inventário Artístico de Portugal; Volume III: Distrito de Santarém; Lisboa; Academia Nacional de Belas Artes; 1949; Página 39