Página inicial‎ > ‎Artigos‎ > ‎

Capela de Santo António em Ribelas, Beco

 
 
 
Ficha Técnica
 
 
Característica Arquitectura Religiosa

Classificação Templos Arruinados
 
Localização Beco
 
 
Especialista Dr.ª Ana Torrejais
 
Morada Freguesia do Beco, Lugar de Ribelas
 
Referência ad_Beco_18
 
Enquadramento Apenas chegaram aos dias de hoje as fundações da primitiva capela de Santo António de Ribelas. O local onde outrora se erguia o referido templo hoje foi dominado pelo eucaliptal e no lugar da extinta povoação apenas se mantêm uma ou outra habitação dispersas. Não obstante, junto das fundações da capelinha, ainda é possível encontrar alguns vestígios de telha vã e de argamassa de revestimento dos muros. Foi igualmente encontrado no local um fragmento de azulejo mudéjar de corda seca.
 
Notícias Históricas O padre António Carvalho da Costa fala-nos do lugar antigo de Ribelas, «que teve duzentos & cincoenta vizinhos & ha menos de 50 annos que tinha trinta & cinco & hoje tem só nove. Foy causa desta diminuição o solitario de seu sitio, que he em hum valle muy sombrio & assim a mayor parte de seus habitantes povoàram o lugar do Beco & outros lugares em que acharão melhores commodidades para passar a vida». Em Ribelas existia uma pequena ermida, de invocação a Santo António, a qual, segundo António Baião, havia sido instituída no ano de 1535 por Lançarote Gonçalves e sua mulher Margarida Vaz, do mesmo lugar. Foi seu primeiro administrador Antão Heitor, casado com Violante Vaz, filha dos instituidores, a quem sucedeu Paulo Heitor de Sousa, filho ilustre da Freguesia do Beco. O padre António Carvalho da Costa refere na sua Corografia Portugueza (1712) que, por essa altura, o referido templo era administrado por Jorge de Vasconcelos Sousa Cotrim e pelo padre Leonardo Camelo de Carvalho, ambos do lugar do Beco.
 
Estado de Conservação Grau 1 - Edifício arruinado, parcial ou totalmente desaparecido, que já não mantêm a função cultual.
 
 
 
Bibliografia
 
BAIÃO; António; Vila e Concelho de Ferreira do Zêzere; Imprensa Nacional; Lisboa; 1918; página 52 e 53.

COSTA; Padre António Carvalho da; Corografia Portugueza (...); Tomo III; Lisboa; Oficina Real Deslandesiana; 1712; Fólios

MALHEIRO; Bartolomeu de Macedo; Notícias das Igrejas do Bispado de Coimbra; Academia Real da História Portuguesa; 1726; Fólios 152 a 154