Página inicial‎ > ‎Artigos‎ > ‎

Capela de Santo António em Paio Mendes

 
 

Ficha Técnica
 
 
Característica Arquitectura Religiosa

Classificação Capelas
 
Localização Paio Mendes
 

Especialista Dr.ª Ana Torrejais
 
Morada Freguesia de Paio Mendes
 
Referência a_Paio_42
 
Propriedade Bispado de Coimbra
 
Enquadramento Templo rodeado por casario rústico e por uma estrada que lhe é contígua.
Notícias Históricas Esta capelinha é referida na Corografia do padre António Carvalho da Costa, nas Notícias do Dr. Bartolomeu de Macedo e ainda nas Memórias Paroquiais de 1758.
 
Descrição Arquitectónica Pequeno templo reabilitado, de planta longitudinal e nave única, dotado de cobertura em telhado de duas águas, na junção das quais se ergue uma cruz de Cristo. A frontaria é simplesmente constituída por uma pequena porta rectangular, ladeada, pela direita, por uma fresta quadrangular, desprovida de volantes ou gradeamento. Do corpo central salienta-se a capela-mor, mais estreita que a nave.
Pelo interior, o templo é dotado de cobertura madeirada em três planos, sendo o pavimento recoberto a mosaico cerâmico. A passagem para a capela-mor processa-se a partir de um arco cruzeiro de volta perfeita.
 
Património Integrado Pelo interior, o templo é dotado de cobertura madeirada em três planos, sendo o pavimento recoberto a mosaico cerâmico. A passagem para a capela-mor processa-se a partir de um arco cruzeiro de volta perfeita. Neste espaço, adossado à parede frontal, encontra-se um pequeno nicho maneirista, que ainda conserva vestígios de policromia, e no qual se encontra a seguinte inscrição: «Esta obra se fez 1618». Ostenta a imagem padroeira de Santo António com o Menino. Faz ainda parte do espólio deste pequeno templo uma belíssima pia de água benta, obra manuelina talhada em cantaria de natureza calcária, que apresenta a forma de uma alcachofra.
 
Estado de Conservação Edifício reabilitado, que goza de manutenção regular, pelo que, aparentemente, o estado de conservação do imóvel e do correspondente património integrado revela-se estabilizado.
 
Grau 4 - Edifício reabilitado ou reconstruído.
 
 
Bibliografia
 
CARDOSO; Padre Luis; Diccionario Geografico (...); 44 Volumes; Biblioteca Real; 1758-1832; Volume 27; Nº 26; Fólios 153 a 156

COSTA; Padre António Carvalho da; Corografia Portugueza (...); Tomo III; Lisboa; Oficina Real Deslandesiana; 1712; Fólios

MALHEIRO; Bartolomeu de Macedo; Notícias das Igrejas do Bispado de Coimbra; Academia Real da História Portuguesa; 1726; Fólios 155 (v) a 156