Página inicial‎ > ‎Artigos‎ > ‎

Capela de Santa Catarina no Beco

 
 

Ficha Técnica
 
 
Característica Arquitectura Religiosa

Classificação Templos Arruinados
 
Localização Beco
 
 
Especialista Dr.ª Ana Torrejais
 
Morada Freguesia do Beco
 
Referência ad_Beco_13

Enquadramento De acordo com as fontes consultadas, a primitiva capela de Santa Catarina localizava-se no adro da igreja paroquial do Beco. Contudo, as modificações operadas neste local ao longo dos tempos, fizeram com que não chegassem aos dias de hoje quaisquer vestígios desse templo.

Notícias Históricas Segundo as Notícias do Doutor Bartolomeu de Macedo Malheiro, de 1726, a capela de Santa Catarina havia sido instituída e construída por testamento datado de 24 de Junho de 1541. Foram seus instituidores Afonso Fernandes e Margarida Dias e, em 1726, a capela era administrada pelo Desembargador Baltazar Mendes Bernardes, de Lisboa. Porém, já em 1758, a administração do referido templo se encontrava nas mãos de Manuel do Ramalhal, da Freguesia de São Pedro do Rego da Murta.

Estado de Conservação Grau 1 - Edifício arruinado, parcial ou totalmente desaparecido, que já não mantêm a função cultual.
 
 
Bibliografia
 
BAIÃO; António; Vila e Concelho de Ferreira do Zêzere; Imprensa Nacional; Lisboa; 1918; página 53 e 233

COSTA; Padre António Carvalho da; Corografia Portugueza (...); Tomo III; Lisboa; Oficina Real Deslandesiana; 1712; Fólios

MALHEIRO; Bartolomeu de Macedo; Notícias das Igrejas do Bispado de Coimbra; Academia Real da História Portuguesa; 1726; Fólios 152 a 154

CARDOSO; Padre Luis; Diccionario Geografico (...); 44 Volumes; Biblioteca Real; 1758-1832; Volume 6; Nº 72; Fólios 505 a 508.