Página inicial‎ > ‎Artigos‎ > ‎

Capela de Nossa Senhora do Amparo da Quinta da Eira, Paio Mendes

 
 

Ficha Técnica
 
 
Característica Arquitectura Religiosa

Classificação Conjuntos Edificados

Localização Paio Mendes
 
Especialista Dr.ª Ana Torrejais
 
Morada Freguesia de Paio Mendes, Lugar da Quinta da Eira
 

Referência co_Paio_14
 
Propriedade Particular
 
Enquadramento Quinta da Eira. Edifício independente da construção habitacional, que se desenvolve junto ao muro que separa a herdade da via pública, voltando-se a entrada do templo para um pátio interior.

Notícias Históricas Primitivamente, tal como refere o Dr. Bartolomeu de Macedo Malheiro, a capela de Nossa Senhora do Amparo, construída no ano de 1629, pertenceria ao povo; porém, as Memórias Paroquiais de 1758, citam já o templo como pertencente a Jacinta Camelo de Carvalho, que o terá comprado ao Bispado de Coimbra. Mais tarde, em 1936, o imóvel foi mandado reconstruir pelo Dr. Eduardo Augusto da Silva Neves, mas apenas em 1938 reabriu ao culto.
 
Descrição Arquitectónica A capela de Nossa Senhora do Amparo trata-se de um pequeno templo de planta longitudinal e nave única, dotado de cobertura em telhado de duas águas, na junção das quais de ergue uma Cruz de Cristo. A frontaria é constituída por uma porta rectangular, ladeada por duas janelas quadradas e encimada por óculo. Do lado direito da empena ergue-se um pequeno campanário, sob o qual, e na junção dos muros da frontaria com a lateral direita, foi aplicado um relógio de sol de espelho recortado assente sobre uma mísula.
 
Património Integrado De acordo com o Inventário Artístico de Santarém, por volta de 1949 a imagem de Nossa Senhora do Amparo encontrava-se no altar-mor da Igreja Paroquial de São Vicente de Paio Mendes, por a ermida se encontrar então em reconstrução.

Estado de Conservação Grau 4 - Edifício reabilitado ou reconstruído.
 
Intervenções Realizadas Imóvel reconstruído no ano de 1936.
 
 

Bibliografia
 
CARDOSO; Padre Luis; Diccionario Geografico (...); 44 Volumes; Biblioteca Real; 1758-1832; Volume 27; Nº 26; Fólios 153 a 156

COSTA; Padre António Carvalho da; Corografia Portugueza (...); Tomo III; Lisboa; Oficina Real Deslandesiana; 1712; Fólios

MALHEIRO; Bartolomeu de Macedo; Notícias das Igrejas do Bispado de Coimbra; Academia Real da História Portuguesa; 1726; Fólios 155 (v) a 156

SEQUEIRA; Gustavo de Matos (dirc.); Inventário Artístico de Portugal; Volume III: Distrito de Santarém; Lisboa; Academia Nacional de Belas Artes; 1949; Página 44

«Capela de Nossa Senhora da Graça na Quinta da Eira»; in Voz da Graça - Boletim da Família Paroquial da Graça; dirc. e edit. Aníbal Henriques Coelho; Ano II; Nº18; Comp. e Imp. Gráfica de Coimbra; Setembro de 1963