Página inicial‎ > ‎Artigos‎ > ‎

Capela de Nossa Senhora de Fátima no Freixial, Areias

 
 

Ficha Técnica
 
 
Característica Arquitectura Religiosa

Classificação Capelas
 
Localização Areias
 
Especialista Dr.ª Ana Torrejais

Morada Freguesia de Areias, lugar do Freixial
 
 
Referência a_Areias_06
 
Propriedade Bispado de Coimbra
 
Enquadramento Localiza-se a capela de Nossa Senhora de Fátima no centro do lugar do Freixial. O edifício religioso é rodeado por um amplo largo, no qual foi construído um telheiro que serve de apoio aos festejos anuais realizados em honra do orago.
 
Descrição Arquitectónica É esta capela totalmente diferente de todas as outras existentes no concelho de Ferreira do Zêzere. Isto porque, em primeiro lugar, se trata de uma construção de origens muito menos remotas que as demais, não fosse este templo consagrado a Nossa Senhora de Fátima.
A fachada principal, saliente em relação ao corpo do edifício, é totalmente ocupada por uma empena ogival, a qual se desenvolve a partir do pavimento para vir terminar, muito acima da cobertura em telhado de duas águas da capelinha, na tão característica cruz de Cristo. Aqui se localiza a entrada principal do templo, constituída por uma porta com lintel em arco de volta perfeita, ao qual se acede por meio de um lanço de três degraus. É esta porta encimado por um óculo quadrilobado. No cimo da empena foi ainda incluído o campanário, abertura trilobada que se rasga perto do vértice ogival.
O corpo da capela, longitudinal e de nave única, é iluminado por quatro pequenas janelas ogivais, duas em cada uma das laterais. No entanto, não existe nenhum volume saliente correspondente à sacristia, já que esta, localizada por detrás da capela-mor, foi incluída no corpo central do templo. Acede-se a esta câmara por meio de uma entrada exterior, localizada na fachada este.
O interior da capelinha apresenta cobertura madeirada e de três planos, sendo o pavimento recoberto por meio de lajes. A passagem para a capela-mor é realizada por meio de um arco cruzeiro ogival e desnível de 1 degrau.

Património Integrado No arco cruzeiro, assentes sobre duas mísulas adossadas à parede, destaque para as imagens de Santo António com o Menino (lado do Evangelho) e de São João Baptista (lado da Epístola). Por sua vez, o altar-mor resume-se a um pequeno nicho ogival inserido na parede frontal, no qual foi colocada a imagem da padroeira. Toda a imaginária é de produção recente, assim como o silhar de azulejos que recobre as paredes numa altura de 8 unidades. São estes azulejos em tons de azul e branco e obedece a um módulo de repetição de 2x2/2.
 
Estado de Conservação Edifício com manutenção regular, pelo que, aparentemente, o estado de conservação do imóvel e do correspondente património integrado revela-se estabilizado. Edifício de recente construção.
 
Classificação: Grau 4 - Edifício reabilitado ou reconstruído.
 
 

Bibliografia
 
Templo não referenciado pelas fontes antigas.