Página inicial‎ > ‎Artigos‎ > ‎

Capela de Nossa Senhora das Candeias no Mourolinho, Igreja Nova do Sobral

 
 

Ficha Técnica
 
 
Característica Arquitectura Religiosa

Classificação Capelas
 
Localização Igreja Nova
 
 
Especialista Dr.ª Ana Torrejais
 
Morada Freguesia de Igreja Nova do Sobral, Lugar do Mourolinho
 
Referência a_Sobral_36
 
Propriedade Bispado de Coimbra
 
Enquadramento A capela de Nossa Senhora das Candeias localiza-se no centro do lugar de Mourolinho, erguendo-se a partir de um adro murado e sobrelevado, a que se acede por meio de dois lanços de escadaria.
 
Notícias Históricas Esta capelinha é citada na Corografia Portugueza pelo padre António Carvalho da Costa.
 
Descrição Arquitectónica A capelinha de Nossa Senhora das Candeias tem sido sucessivamente remodelada ao longo dos tempos, no decurso de várias campanhas construtivas. Não obstante, trata-se de um templo de planta longitudinal e nave única com cobertura em telhado de duas águas, tal como é característico da região, mas do qual se destacam vários volumes. A própria frontaria é antecedida por um alpendre que enquadra uma simples porta rectangular; na lateral norte desenvolve-se a sala de sacristia, dotada de acesso pelo exterior, igualmente antecedida por um pequeno alpendre; por fim, a capela-mor apresenta-se mais estreita que o corpo central.
Interiormente, o pequeno templo é madeirado e de três planos, sendo o pavimento recoberto a mosaico cerâmico, no qual existe um passadiço central em cantaria que progride desde a entrada principal até à capela-mor. O acesso a este espaço é realizado por intermédio de um arco cruzeiro de volta-perfeita e desnível de um degrau.
 
Património Integrado Interiormente, o pequeno templo é madeirado e de três planos, sendo o pavimento recoberto a mosaico cerâmico, no qual existe um passadiço central em cantaria que progride desde a entrada principal até à capela-mor. O acesso a este espaço é realizado por intermédio de um arco cruzeiro de volta-perfeita e desnível de um degrau.
Aí, adossada à parede frontal, conserva-se, no interior de um pequeno nicho de cantaria policromada, a imagem de Nossa Senhora das Candeias, cuja iconografia repete os mesmos elementos já analisados para o caso de Nossa Senhora da Purificação. No interior de uma vitrina, uma imagem de Nossa Senhora de Fátima ladeia a padroeira.
Reveste o interior do templo, em toda a sua extensão e numa altura de 8 unidades, um silhar de azulejos de produção industrial, cujos exemplares, executados nos tons de azul e branco, obedece a um módulo de repetição de 2X2/1.
 
Estado de Conservação Edifício com manutenção regular, pelo que, aparentemente, o estado de conservação do imóvel e do correspondente património integrado revela-se estabilizado.
 
Grau 3 - Edifício que denuncia um estado de conservação razoável.
 
 

Bibliografia
 
COSTA; Padre António Carvalho da; Corografia Portugueza (...); Tomo III; Lisboa; Oficina Real Deslandesiana; 1712; Fólios