Página inicial‎ > ‎Artigos‎ > ‎

Capela de Nossa Senhora da Saúde na Serra do Balas, Areias

 
 
 
Ficha Técnica
 
 
Característica Arquitectura Religiosa

Classificação Templos Arruinados
 
Localização Areias
 
Especialista Dr.ª Ana Torrejais
 
Morada Freguesia de Areias, Lugar da Serra do Balas
 
 
Referência ad_Areias_10
 
Propriedade Bispado de Coimbra
 
Enquadramento A capela de Nossa Senhora da Saúde integra parte do casario do lugar da Serra do Balas, o qual se desenvolve ao longo da via pública do povoado. Porém, o pequeno templo encontra-se hoje desvirtuado da sua função original, tendo sido adaptado a armazém.

Notícias Históricas Existem várias dúvidas em relação à primitiva invocação deste templo. Alguns habitantes locais, referem que este seria de invocação a Santa Eufémia, enquanto outros ou desconhecem a sua invocação ou apontam diferentes oragos. Para Paulo Alcobia Neves, o primitivo orago corresponderia a Nossa Senhora da Saúde. Não obstante, os antigos terrenos outrora pertencentes a este templo são ainda hoje denominados por “Terrenos de Santa Eufémia”, onde se diz que a Santa primeiramente apareceu.

Descrição Arquitectónica A capela da Serra do Balas corresponde a um pequeno templo de planta longitudinal e nave única, construído em aparelho de pedra e barro, rebocado por uma argamassa de cal. A cobertura é em telha vã, assente sobre ripado.
É a fachada principal antecedida por um lanço de alguns degraus e, ao lado da entrada principal, rasga-se uma pequena janela quadrada, enquanto que sobre o lintel da porta foi aplicada uma cantaria com a Cruz de Cristo esculpida em relevo. No lado direito da empena ergue-se um pequeno arco campanário, hoje disfuncional, junto do qual se destaca um relógio de sol.
O interior é igualmente rebocado, existindo na parede frontal algumas pinturas executadas a fresco que decoram três nichos outrora utilizados para a colocação das imagens cultuadas. Por sua vez, o pavimento manteve-se em terra batida, enquanto que no tecto se encontra a descoberto o ripado sobre o qual a telha assenta.

Estado de Conservação Grau 1 - Edifício arruinado, parcial ou totalmente desaparecido, que já não mantêm a função cultual.