Página inicial‎ > ‎Artigos‎ > ‎

Capela de Nossa Senhora da Conceição nos Carvalhais, Ferreira do Zêzere

 
 
 
Ficha Técnica
 
 
Característica Arquitectura Religiosa

Classificação Capelas

Localização Ferreira do Zêzere
 
 
Especialista Dr.ª Ana Torrejais
 
Morada Freguesia de Ferreira do Zêzere, Lugar dos Carvalhais

Referência a_Zezere_30
 
Propriedade Bispado de Coimbra

Enquadramento A capela de Nossa Senhora da Conceição ergue-se num adro sobrelevado, a que se acede por meio de uma pequena escadaria. O templo é rodeado pelo casario do lugar e por uma estrada que lhe é contígua.
 
Notícias Históricas Esta capelinha é citada nas Memórias Paroquiais de 1758.
 
Descrição Arquitectónica A capela de Nossa Senhora da Conceição trata-se de um templo de planta longitudinal e nave única, cuja fachada principal, à semelhança da capelinha de Nossa Senhora da Purificação estudada anteriormente, é antecedida por um alpendre, que aqui se aproxima mais de um esonártex. É esta fachada constituída por um portal rectangular, ladeado por duas pequenas janelas igualmente rectangulares. Destaca-se do corpo do templo, pela lateral sul, o volume correspondente à sala de sacristia, dotada de acesso pelo exterior, e sobre a qual se eleva um pequeno campanário.
Pelo interior, a cobertura é de três planos, madeirada, assim como o pavimento, não existindo qualquer demarcação entre a nave central e o espaço reservado ao altar-mor.
 
Património Integrado O altar-mor apresenta-se como uma obra executada em talha policromada, constituída por três nichos. O nicho central é reservado à padroeira, Nossa Senhora da Conceição (0.635m altura), escultura de pedra quinhentista, que se apresenta coroada e com o Menino nos braços a ler, enquanto que na mão esquerda segura um fruto. A imagem é ladeada por São José (lado do Evangelho) e pelo Sagrado Coração de Jesus (lado da Epístola).
De acordo com o Inventário Artístico de Portugal, há ainda nesta ermida uma imagem de São Sebastião, escultura de madeira do século XVII, de carácter popular, e um pote da China (0.125m altura), de base lavrada e com flores polícromas no bojo.
 
Estado de Conservação Edifício com manutenção regular, pelo que, aparentemente, o estado de conservação do imóvel e do correspondente património integrado revela-se estabilizado.
 
Grau 3 - Edifício que denuncia um estado de conservação razoável.
 
 
 
Bibliografia
 
CARDOSO; Padre Luis; Diccionario Geografico (...); 44 Volumes; Biblioteca Real; 1758-1832; Volume 15; Nº 521; Fólios 319 a 324

SEQUEIRA; Gustavo de Matos (dirc.); Inventário Artístico de Portugal; Volume III: Distrito de Santarém; Lisboa; Academia Nacional de Belas Artes; 1949; Página 36